Juana de Ibarbourou – A Pequena Chama

Español: Fotografía de la escritoria y poetisa...

Español: Fotografía de la escritoria y poetisa uruguaya Juana de Ibarbourou. (Photo credit: Wikipedia)

“Eu sinto um amor selvagem pela luz.

Cada pequena chama me encanta e me ultrapassa.

Não é cada lume um cálice que conduz

O calor das almas que encontra em sua jornada?

Algumas são pequenas, azuis, tremelicantes,

Iguais às almas taciturnas e bondosas.

Outras são quase brancas: lírios fulgurantes.

Outras, quase vermelhas: espíritos de rosas

.

Respeito e adoro a luz como se ela fosse inteira

Uma coisa viva, que sente, que medita,

Um ser que nos contempla, transformado em fogueira.

Assim, quando morrer, hei de ser, a seu lado,

Uma pequena chama de doçura infinita

Em suas noites compridas de amante desolado.”

 

Juana de Ibarbourou

In: Lenguas de diamante. Montevidéu, 1919

In Belas Mensagens Zip Net

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s