Serenidade – Maria Lucia Nabuco

 

 

 

Bendito tempo de paz

que a nada me obriga

nem a grandes arroubos

nem a pequenas tristezas

Fico atenta

ao canto interminável,

intermitente,

invisível, presente

da vida em plena floração

 

Maria Lucia Nabuco

In Tempo Marginal

tela Felix Mas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s