Inverno – Flora Figueiredo

O inverno açoita lá fora.

É hora de acender o lume

e te dar meu colo, como de costume.

Deita teu sonho e enche tua taça

porque a noite cansa, a estrela passa

e a lua se apaga, morta de ciúme.

 

Flora Figueiredo

In O trem que traz a noite

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s