***

 

 
Deixa ficar cinza nos cinzeiros

e as flores murchas nas jarras.

Não dês ordem às coisas

A cinza ainda é resto de presença

e as flores recordações.

Maria Eugênia Cunhal

In O silêncio de vidro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s