João Apolinário

É preciso avisar toda a gente

Dar notícia, informar, prevenir

Que por cada flor estrangulada

milhões de sementes a florir.

 

É preciso avisar toda a gente

segredar a palavra e a senha

Engrossando a verdade corrente

duma força que nada a detenha.

 

É preciso avisar toda a gente

Que há fogo no meio da floresta

E que os mortos apontam em frente

O caminho da esperança que resta.

 

É preciso avisar toda a gente

Transmintindo este morse de dores

É preciso, imperioso e urgente

Mais flores, mais flores, mais flores.

 

João Apolinário

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s