Num campo de margaridas – Thiago de Mello

Sonhei que estavas dormindo

num campo de margaridas

sonhando que me chamavas,

que me chamavas baixinho

para me deitar contigo

num campo de margaridas.

No sonho ouvia o meu nome

nascendo como uma estrela,

como um pássaro cantando.

Mas eu não fui, meu amor,

que pena!, mas não podia,

porque eu estava dormindo

num campo de margaridas

sonhando que te chamava

que te chamava baixinho

e que em meu sonho chegavas,

que te deitavas comigo

e me abraçavas macia

num campo de margaridas.

Thiago de Mello

Anúncios

3 respostas em “Num campo de margaridas – Thiago de Mello

  1. Este poema me fez recordar um lindo sonho que tive. Sonhei que andava pela avenida principal da minha cidade, de mãos dadas com meu marido. No final da avenida, surgiu uma neblina e o meu marido sumiu. Comecei a chamá-lo em voz alta, no meu sonho: “Amor, Amor, onde voce está?” E ele, que dormia ao meu lado me respondeu: “Estou aqui, dançando com voce.” Era o que ele sonhava naquele momento. Simone

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s