Nirvana , de Charles Bukowski , narrado por Tom Waits

 

sem grandes chances,

completamente desprovido

de proprósito,

ele era um jovem

seguindo de ônibus

cruzando a Carolina do Norte

em direção a

alguma parte

e então começou a nevar

e o ônibus parou

num pequeno café

nas montanhas

e os passageiros

ali entraram.

 

sentou junto ao balcão

com os outros,

fez o pedido e a

comida chegou.

a refeição estava

especialmente gostosa

assim como o café.

 

a garçonete era

diferente das mulheres

que ele

conhecera.

não era afetada,

sentia que dela

emanava um humor

natural.

a frigideira dizia

coisas malucas.

a pia,

logo atrás,

ria, uma risada

boa

limpa e

prazenteira.

 

o jovem assistiu

à neve cair através da

janela.

 

queria ficar

naquele café

para sempre.

 

um sentimento curioso

perpassou-o por completo

de que tudo

era

lindo

ali,

de que sempre seria

maravilhoso ficar

por ali.

 

então o motorista do ônibus

disse aos passageiros

que era hora de

partir.

 

o jovem pensou,

ficarei sentado

aqui, apenas ficarei onde

estou.

 

mas então

ele se ergueu e seguiu

os outros até o

ônibus.

 

encontrou seu assento

e olhou para o café

através da janela do

ônibus.

então a partida do

veículo, logo uma curva,

em declive, afastando-se

das montanhas.

 

o jovem

olhou diretamente

para frente.

ouviu os outros

passageiros

falando de outras coisas,

ou então eles

liam

ou

tentavam

dormir.

 

não haviam

percebido

a

mágica.

 

o jovem

virou a cabeça para

o lado,

fechou os

olhos,

fingiu

dormir.

não havia mais nada

a fazer –

apenas escutar

o som do

motor,

o som dos

pneus

sobre a

neve.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s