Tagore

Eu estava mendigando de porta

em porta no caminho da aldeia,

quando a tua carruagem de ouro apareceu ao longe, como um sonho deslumbrante.

E eu fiquei me perguntando,

extasiado, quem seria esse Rei dos reis.

As minhas esperanças voaram alto,

e eu pensei que os meus dias infelizes

tinham chegado ao fim.

E fiquei sentado, esperando esmolas dadas sem serem pedidas, e um tesouro derramado pelo chão, em todo lugar.

A carruagem parou onde eu

estava sentado.

Teu olhar pousou sobre mim e

desceste sorrindo.

Senti que a felicidade da

minha vida por fim havia chegado.

Então, de repente, estendeste

a mão direita e perguntaste:

‘O que tens para dar a mim?’

Ah, mas que gesto régio foi esse

o de abrir a tua mão para pedir

esmola a um mendigo?

Eu estava confuso e não sabia

o que fazer.

Então, bem devagar, tirei da

minha sacola o último e menor grão

de trigo e entreguei a ti.

Contudo, qual não foi a minha

surpresa quando, no fim do dia, esvaziei a minha sacola no chão,

e encontrei um grão de ouro entre as pobres migalhas que restavam!

Chorei amargamente, lamentando

não ter tido a coragem de

entregar-me todo a ti.

(Tagore)

Anúncios

5 respostas em “Tagore

  1. Chegar a este blog casualmente me fez conhecer e pesquisar mais sobre Tagore e saber o que é um polímata rsrs. E há quem condene a internet !!!

  2. Polímata vem do Grego né? Se eu não estou enganada, significa aquele que muito aprendeu, que domina vários temas, áreas com notório saber? Acho que é isto, eu li um livro chamava-se O Jardineiro, de Tagore. E quando vi nome Tagore aqui aguçou minha curiosidade.
    Parabéns pelo texto.
    Beijos
    Lola

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s