“Melancolia”, poema de Charles Bukowski

a história da melancolia

inclui todos nós.

a mim, eu me contorço em sujos lençóis

enquanto observo as paredes azuis

e o nada.

acostumei-me tanto à melancolia

que

a cumprimento

como uma velha

amiga.

Ficarei de luto por 15 minutos

 

por ter perdido aquela ruiva,

digo isso aos deuses.

eu faço isso e me sinto completamente mal.

completamente triste,

então me levanto

LIMPO

embora nada tenha sido

resolvido.

é isso que consigo por chutar

a bunda da religião.

eu deveria ter chutado a bunda

da ruiva

onde seus miolos, seu pão

e sua manteiga estão

no…

Mas, não, eu tenho me sentido triste

por tudo isso:

ter perdido a ruiva foi, somente, outra

porrada que foi dada numa vida inteira

fracassada…

escuto os tambores no radio agora

e forço um sorriso.

além

da melancolia

há algo de errado comigo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s