SERENA – HENRIQUETA LISBOA

Essa ternura grave

que me ensina a sofrer

em silêncio, na suavidade do entardecer,

menos que pluma de ave

pesa sobre meu ser.

E só assim, na levitação da hora alta e fria,

porque a noite me leve,

sorvo, pura, a alegria,

que outrora, por mais breve,

de emoção me feria.

Henriqueta Lisboa

In Azul Profundo

Anúncios

4 respostas em “SERENA – HENRIQUETA LISBOA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s