Rima LIX – Gustavo Adolfo Bécquer

RIMA LIX

Eu sei qual é o objeto

de teus suspiros;

eu conheço a causa de tua doce

secreta languidez.

Tu ris?… Algum dia

saberás, menina, por que.

Tu suspeitas,

e eu sei.

Eu sei quando tu sonhas,

e o que vês nos sonhos;

como em um livro, posso ler

o que calas.

Tu ris?… Algum dia

saberás, menina, por que.

Tu suspeitas,

e eu sei.

Eu sei por que sorris

e choras ao mesmo tempo;

eu penetro nos vãos misteriosos

da tua alma de mulher.

Tu ris?… Algum dia

saberás, menina, por que;.

enquanto tu sentes demais e nada sabes,

eu, que já não sinto, tudo sei.

(Gustavo Adolfo Bécquer – tradução livre de Fabio Rocha)

*

RIMA LIX

Yo sé cuál el objeto

de tus suspiros es;

yo conozco la causa de tu dulce

secreta languidez.

¿Te ríes?… Algún día

sabrás, niña, por qué.

Tú acaso lo sospechas,

y yo lo sé.

Yo sé cuándo tú sueñas,

y lo que en sueños ves;

como en un libro, puedo lo que callas

en tu frente leer.

¿Te ríes?… Algún día

sabrás, niña, por qué.

Tú acaso lo sospechas,

y yo lo sé.

Yo sé por qué sonríes

y lloras a la vez;

yo penetro en los senos misteriosos

de tu alma de mujer.

¿Te ríes? … Algún día

sabrás, niña, por qué;

mientras tú sientes mucho y nada sabes,

yo, que no siento ya, todo lo sé.

(Gustavo Adolfo Bécquer – fonte)

Anúncios

2 respostas em “Rima LIX – Gustavo Adolfo Bécquer

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s